Limite de até 10 mil é na Social Bank, veja como funciona

A Social Bank se tornou uma plataforma financeira mais acessada nos últimos tempos. Por conceder créditos aos usuários de forma rápida e sem burocracia. A plataforma, como muitos acham, não é uma instituição financeira, visto que, o Banco Central disponibiliza alguns serviços de forma digital parecidos com os bancos padrões.

A plataforma pode ser acessada por meio do seu aplicativo mobile que está nas versões Android e iOS.

Como funciona a Social Bank?

A Social Bank tem a principal função de intermediar o processo de obtenção de créditos sem intervenções dos bancos. Ou seja, são pessoas que emprestam valores para outras pessoas que estão precisando de um crédito, diminuindo as taxas de juros.

Para se cadastrar no aplicativo Social Bank, o usuário deve ter no mínimo 18 anos, CPF, apresentar documentação com foto (pode ser RG ou CNH), tirar fotos no local pelo aplicativo e informar o nome completo da mãe. E use o código de verificação enviado por SMS para confirmar o número de telefone.

Serviços prestados pela Social Bank

A Social Bank oferece serviços semelhantes aos bancos tradicionais, como pagamento de contas, solicitação de créditos, saques e cartão de crédito com a bandeira MasterCard.

Como funcionam os créditos na Social Bank

Os créditos da Social Bank são realizados em colaboração, e os usuários estão conectados entre si, de forma que podem pedir dinheiro emprestado sem ter que recorrer a bancos. Esse recurso pode ser encontrado na seção “Caixa Social”, nesta seção, você pode solicitar até R$ 10.000, pode ser pago em até 12 vezes o preço e os juros variam de 0% a 2%.

Para conceder crédito a um ou mais usuários na Social Bank, clique na seção “Investimento Social”. Lembre-se de que a taxa de juros e o período de amortização da dívida serão determinados por quem paga.

O aplicativo também permite que os usuários se posicionem como fiadores de créditos concedidos por bancos sociais. Isso significa que o usuário pode ganhar 0,5% do valor emprestado todos os meses, mas se o pagamento não for feito, ele deve arcar com a responsabilidade pelo débito.

Social Kids

Uma das ferramentas inovadoras da social Bank é a Social Kids. As crianças podem ter contas controladas pelos pais. Acompanhados de “meninos sociáveis”, os meninos podem acompanhar e comprovar o custo do uso do cartão por meio de fotos, mensagens ou áudio.

Mas é importante lembrar que os pais que desejam utilizar essa ferramenta para seus filhos precisam ter uma conta na Social Bank, afinal todas as contas do Social Kids estão vinculadas à conta dos pais Social Bank.

É seguro pedir emprestado a um banco social?

Como uma nova ferramenta no mercado financeiro, os créditos intermediários concedidos pela Social Bank têm a esperança de serem mais fáceis de obter, mas isso não significa que tais créditos sejam totalmente seguros.

O contrato é celebrado entre os próprios utentes da Social Bank. Se a dívida não for quitada, a empresa não assume qualquer responsabilidade. Caso isso aconteça, além de suspender novos pedidos de crédito em até 30 dias, a plataforma também disponibiliza dados sobre os usuários do crédito aos que sofreram para que as medidas cabíveis sejam tomadas.

Como empresa, o próximo passo da Social Bank é oferecer aos clientes serviços de seguros para contratar créditos, criando moedas virtuais e uma versão corporativa do aplicativo.

Além disso, plataforma pode solicitar aos usuários que forneçam novas fotos a qualquer momento para comprovar a titularidade da conta, o que também é necessário no momento do registro do aplicativo


Receba mais informações gratuitamente