Veja quais os procedimentos para financiar uma moto sem entrada

Assim como as motocicletas, os métodos de compra mudaram ao longo dos anos. A Internet fornece evidências claras disso. Novas instituições financeiras e prestadores de serviços de cobrança se reuniram para tornar nossas vidas mais fáceis. Com tantas opções, muitos consumidores se perguntam: como financiar a motocicleta sem entrada?

Muitas pessoas não duvidam apenas do ambiente online. Também existem problemas e medos nas compras “cara a cara”. Que quantidade do valor, maior o medo. Mas em que forma de conseguir uma motocicleta? Confira!

Financiamento

Pode-se dizer que a taxa de juros é quase a taxa de outra motocicleta. Ou seja, estará pagando um valor pelo preço de duas motos. Por isso que é necessário realizar pesquisas profundas. O financiamento direto é ideal para pessoas que busca uma alternativa mais rápida de obter a moto.

Aprenda a comprar uma Moto sem entrada 0 km

Primeiro, você precisará de dinheiro. Sim, é óbvio. No entanto, embora esse método tenha muitas vantagens, não é necessário pagar em dinheiro.

Dependendo do revendedor que você escolher, as circunstâncias de pagamento podem ser fáceis e razoáveis para aqueles que não pagaram integralmente. Aliás, você sabia que 79% das compras brasileiras não são à vista? Um estudo da SPC Brasil afirma isso.

Saiba mais sobre os métodos de pagamento do financiamento sem entrada.

Ter todos os fundos lhe dará mais espaço para negociação e prováveis descontos. Independentemente da moto que você escolher, o preço de tabela pode ser dividido em até 12 sem juros. No entanto, com a remuneração à vista, o desconto pode chegar a 7%, e demais lojas de motocicletas disponibilizam apenas 5% de desconto.

Para mostrar o maioral do desconto, imagine uma motocicleta ao preço de 10 mil reais. Com desconto de 7%, ela pode sair de 9,3 mil reais. No entanto, ao indivíduo que não tem o privilégio de comprar a moto à vista, existem outras formas de comprar o veículo.

Compreender a compra por meio de financiamento

É nesta parte que muitas pessoas ficam com dúvidas. Então, vamos explicar bem. No financiamento, todo o valor da motocicleta é pago à concessionária pelo banco ou instituição financeira. Portanto, sua dívida será arcada pelo banco, não pela loja.

Para isso, o banco cobra uma taxa de juros sobre as parcelas que você prometeu pagar. Quanto mais prestações, maior são as taxas de juros. Uma boa dica é fazer um depósito para suavizar o parcelamento e os juros. Antes de pagar a moto, por favor, lembre-se que a moto será comprada em nome do banco e não no seu.

A principal vantagem de aderir uma moto por meio do financiamento

Adquirindo a moto por meio do financiamento, a principal vantagem que o veículo será comprado de forma imediata, porém, é necessário selecionar a forma de pagamento. Feito esse procedimento, em menos de 5 dias terá o seu veículo disponível para pilotar.


Receba mais informações gratuitamente