Veja quais os meios que o mercado disponibiliza para comprar uma moto sem entrada

Adquirir uma moto é o desejo de muitas pessoas. A moto faz com que a gente se sinta livre e, para alguns, dá a velocidade desejada. O problema é que muita gente não tem o valor necessário para comprá-la à vista. Por esse motivo é que elas recorrem aos vários meios que o mercado disponibiliza.

Meios que para comprar uma moto

As instituições financeiras possuem várias formas de conceder crédito. Para comprar veículos os mais usados são: empréstimo, consórcio e financiamento.

O empréstimo já é de conhecimento popular. A pessoa solicita um certo valor e paga de forma parcelada com juros incluso.

Já no consórcio a pessoa faz a solicitação de entrada e espera a formação de um grupo. As parcelas são pagas mensalmente e a compra da moto é autorizada quando a carta de crédito é sorteada. O pagamento das parcelas segue até que todos do grupo tenham sido sorteadas.

O financiamento, por sua vez, ocorre de modo diferente. Nele, a pessoa solicita ao banco o financiamento da moto e este concede o valor para que o veículo seja comprado à vista. O valor é devolvido de forma parcelada e com a inclusão de juros.

Qual é a diferença entre o consórcio e o financiamento?

A diferença entre eles é muito simples. O consórcio não inclui juros e o prazo de pagamento é mais longo. Já o financiamento exige, em muitas situações, o pagamento adiantado de parte do valor total do veículo. Essa taxa é chamada de valor de entrada.

O consórcio é recomendado para quem não tem pressa de obter a moto. Já no financiamento não demora para ter o veículo.

Os bancos financiam uma moto sem exigir uma entrada?

Muitos bancos financiam 100% do veículo. Isso quer dizer que não é necessário se preocupar em pagar adiantado 20% do valor total da moto. Mas é preciso tomar cuidado, pois os juros desta modalidade costumam ser altos. Quanto maior for o número de parcelas, maior será a taxa de juros e, consequentemente, o valor final do veículo.

A melhor forma de lidar com isso é pesquisando antecipadamente os juros dos bancos que oferecem esse serviço. Dessa forma, você consegue organizar sua vida financeira e se preparar para pagar as parcelas.


Receba mais informações gratuitamente